Reforço

Câmara aprova apoio institucional a PM que pulou com torcida esmeraldina

Aprovação inspirou deputada a apresentar iniciativa semelhante na Alego; Policial também receberá medalha Pedro Ludovico Teixeira, maior honraria da casa, em novembro


Hugo Oliveira
Do Mais Goiás | Em: 22/11/2018 às 13:27:29

(Reprodução/Mais Goiás)
(Reprodução/Mais Goiás)

A Moção de Confiança elaborada em apoio ao tenente da Polícia Militar (PM) César Salustiano, foi aprovada por unanimidade na tarde de quarta-feira (21) no plenário da Câmara Municipal de Goiânia. O documento, que endossa, a postura adotada pelo agente no último domingo (18), durante a recepção de esmeraldinos à delegação do Goiás Esporte Clube, agora deverá ser encaminhada ao comando da corporação, para interceder pelo fim do procedimento disciplinar do qual Salustiano tornou-se alvo desde que optou por pular e cantar junto aos torcedores.

De acordo com o líder do Legislativo goianiense e autor da proposta, Andrey Azeredo (MDB), a moção também deverá ser encaminhada à Secretaria de Segurança Pública (SSP) e ao governador José Eliton (PSDB). “É um documento oficial da Câmara demonstrando o apreço e total respaldo à ação daquele policial. E que isso possa ser anexado ao dossiê funcional como reconhecimento ao bom trabalho desempenhado por ele”, destacou.

Assembleia

Depois da mencionada aprovação, o policial também pode receber apoio institucional da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), visto que a deputada Leda Borges (PSDB) tem a intenção de apresentar em plenário, ainda nesta quinta-feira (22), um requerimento semelhante ao proposto por Andrey Azeredo. “A intenção é fazer isso ainda na sessão de hoje”, afirmou com exclusividade ao Mais Goiás.

A parlamentar revela ainda que irá apresentar solicitação para homenagear o tenente com a medalha Pedro Ludovico Teixeira, maior honraria concedida pela casa, no próximo 30/11. “Ele teve uma visão estratégica para lidar com o pouco efetivo em um momento tumultuado. Para que torcedores não ultrapassassem a contenção, ele fez um movimento de um lado para o outros, em tom de alegria, mas impedindo que os esmeraldinos avançassem. Ele se aproximou do povo e teve ele do seu lado”.