Doença

Caiado fala da possibilidade de Anápolis ter espaço de quarentena para brasileiros com coronavírus

"O prefeito Roberto Naves e eu discutiremos a fundo, em Brasília, a situação desse espaço que querem montar na Base Aérea"


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 03/02/2020 às 16:04:19

Governador avalia primeiros dias de novo decreto. (Foto: arquivo/Agência Brasil)
Governador avalia primeiros dias de novo decreto. (Foto: arquivo/Agência Brasil)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) aproveitou o seu twitter para comentar sobre a fala do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, acerca da possibilidade de Anápolis servir de quarentena aos brasileiros que estão no epicentro da contaminação do coronavírus, em Wuhan, na China. “Recebi informação dos ministros de que as bases aéreas de Anápolis e Florianópolis passariam hoje [segunda-feira (3)] por vistorias antes de qualquer decisão do Governo Federal”, escreveu o gestor, que afirma ter sido informado da possibilidade no domingo (2).

Caiado adiantou, ainda, que nesta terça-feira (4) se reunirá com o prefeito da cidade, Roberto Naves (Progressistas). “Amanhã, o prefeito de Anápolis, Roberto Naves, e eu vamos nos reunir com ministros e com o presidente Bolsonaro.” E ainda: “O prefeito Roberto Naves e eu discutiremos a fundo, em Brasília, a situação desse espaço de quarentena que querem montar na Base Aérea de Anápolis, sob responsabilidade das Forças Armadas e do Governo Federal, fora da cidade e sem contato com os moradores.”

Por fim, o governador elucida que, caso Anápolis seja escolhida, “informações preliminares apontam que quem apresentar sintomas do coronavírus seria transportado para um hospital militar de Brasília, em segurança, seguindo rígidos protocolos técnicos que preservem a integridade da saúde e vida da população”.