Francisco Costa
Do Mais Goiás

Caiado diz que ficou neutro em eleição do presidente da Câmara

"Só trato do que é minha função", declarou o gestor de Goiás

CPI das “interferências do governador” é protocolizada com 14 assinaturas
CPI das “interferências do governador” é protocolizada com 14 assinaturas (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)

Aliado de Bolsonaro (sem partido) e membro do mesmo partido do atual presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), o governador Ronaldo Caiado (DEM) ficou neutro na disputa pela presidência da Casa. Segundo ele, gestor estadual “não apoia candidato a presidente da Câmara e nem do Senado“.

Ainda de acordo com Caiado, manifestar apoio a alguém seria uma ingerência indevida. “Só trato do que é minha função como governador”, garantiu.

Destaca-se que Rodrigo Maia queria que o DEM e seus deputados manifestassem apoio ao candidato Baleia Rossi (MDB-SP). Contudo, em Goiás, os dois parlamentares da sigla – Zé Mario e Zacharias Calil – declararam apoio ao nome de Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL).

No domingo (31), destaca-se, o DEM resolveu, oficialmente, adotar a posição de neutralidade, o que gerou insatisfação em Maia, que deve deixar a sigla.

Questionado se o partido rifou Maia, Caiado diz que “de maneira nenhuma”. “O Democratas jamais teve esse sentimento. Até porque o Maia não é candidato”, concluiu.