Recuperação

“Essa mula realmente judiou de mim”, diz Caiado após ser internado com embolia pulmonar

Estado de saúde do senador é resultado da queda que ele sofreu de uma mula em outubro. Ele também fraturou ombro esquerdo e foi submetido a uma drenagem na cabeça


Thais Lobo
Do Mais Goiás | Em: 04/12/2017 às 16:19:19

(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)

O senador Ronaldo Caiado (Democratas) divulgou nesta segunda-feira (04/12) em suas redes sociais um vídeo em que fala de sua recuperação após ser internado no Hospital Sírio Libanês com um quadro de embolia pulmonar.

Há poucos dias o democrata se submeteu a uma drenagem de um hematoma subdural na cabeça, resultante da queda que sofreu de uma mula em outubro e que também ocasionou uma fratura em seu ombro esquerdo. Ele havia recebido alta do hospital após o procedimento, mas precisou retornar depois de sofrer a embolia pulmonar.

“Vocês sabem que eu sofri um acidente e tenho que reconhecer que essa mula realmente judiou de mim. Quebrou meu ombro, tive uma fratura de costela, uma contusão craniana que já está resolvida, mas também tive uma complicação que foi uma embolia pulmonar. Espero nos próximos dias já ter alta hospitalar”, diz o senador no vídeo.

Drenagem

No fim de novembro, Ronaldo Caiado realizou a drenagem do hematoma subdural (pequeno acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio) com o neurocirurgião do Hospital Sírio Libanês, Félix Pahl. O hematoma já vinha regredindo naturalmente, mas de forma lenta.

No dia 13 de outubro Ronaldo Caiado sofreu uma queda sobre o ombro esquerdo em sua fazenda no município de Mara Rosa. O acidente ocorreu após uma mula, que estava sendo domada, derrubar o senador.

Ronaldo Caiado sofreu uma fratura cominutiva (com vários fragmentos) na cabeça do úmero esquerdo com deslocamento posterior do tubérculo maior, além de bater a cabeça.  Depois de avaliar o caso com médicos, o senador descartou a cirurgia e optou pelo tratamento convencional. Na ocasião já ficou afastado do Senado, mas abriu uma exceção para votar pelo afastamento do senador Aécio Neves.