Eleições 2018

Caiado deverá pagar nova multa por pedido de voto antecipado

Essa é a segunda vez que o Senador é condenado pelo mesmo motivo. A primeira ocorreu também em agosto, durante evento em Morrinhos


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 20/09/2018 às 15:30:41

Caiado durante diálogo com os governadoriáveis na Fieg, em agosto, quando pediu voto antecipadamente (Foto: Mais Goiás)
Caiado durante diálogo com os governadoriáveis na Fieg, em agosto, quando pediu voto antecipadamente (Foto: Mais Goiás)

O senador Ronaldo Caiado (DEM) deverá pagar a segunda multa por pedido de voto antecipado à Justiça Eleitoral. O candidato ao Governo de Goiás teria feito a solicitação de apoio no dia 13 de agosto, na Federação das Indústrias de Goiás (Fieg). De acordo com o calendário eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a atitude só era permitida a partir do 16/8. Essa é a segunda vez que ele responde a esse tipo de processo neste pleito.

“Tendo sido feito o pedido de voto antes do permitido, resta concluir pelo descumprimento do ordenamento jurídico”, diz a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), assinada por Vicente Lopes da Rocha Júnior.

O recurso interposto pela defesa de Caiado não foi aceito e o valor afixado da multa é de R$ 10 mil, valor acima do mínimo estabelecido. O motivo é a reincidência no mesmo assunto. Da primeira vez, Caiado foi multado em R$ 5 mil por um discurso durante a 3ª Cavalgada GP Muares, em Morrinhos, o qual também ocorreu em agosto.

Em resposta, a assessoria de imprensa do candidato afirmou ao Mais Goiás que “a coligação Goiás é Agora respeita a decisão judicial mas irá recorrer ao TSE pois não concorda com a conclusão a que o TRE chegou”. Este é o mesmo teor da resposta dada ao processo anterior.