Do Mais Goiás

Caiado deve ignorar MP e realizar Copa América, acredita deputado da base

"Não interfere em nada a questão da pandemia", afirma Vinícius Cirqueira

Caiado deve ignorar MP e realizar Copa América, acredita deputado da base
Sorteio dos grupos da Copa América Brasil 2019, na Cidade das Artes (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Deputado da base do governador Ronaldo Caiado (DEM), Vinícius Cirqueira (Pros) acredita que o gestor não seguirá a recomendação do Ministério Público (MP-GO) e, assim, vai realizar a Copa América em Goiás.

“Não interfere em nada a questão da pandemia. Campeonatos Série A, B, C e D acontecendo, Libertadores, Eliminatórias da Copa… Tudo seguindo os mais seguros protocolos do mundo”, diz Vinícius.

Ele lembra, ainda, que serão dez times, sem torcida nos treinos e jogos, com a montagem de um efeito “bolha” para isolar e proteger tanto atletas, como arbitragem, comissão técnica, imprensa e aqueles envolvidos direta e indiretamente na competição.

Vale destacar, que, além disso, o governador Ronaldo Caiado (DEM) estipulou como regra a vacinação de todos os envolvidos na competição. Todas as demandas, segundo o gestor, foram atendidas.

MP

A recomendação do MP-GO para Goiás não sediar os jogos se embasa em deliberação do Centro de Operações Emergenciais (COE) em Saúde Pública de Goiás para Enfrentamento ao Coronavírus, que se posicionou, em reunião realizada na quarta-feira (2), unanimemente contrário à realização da competição no Estado.

O MP citou, ainda, a alta taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e enfermaria nos hospitais estaduais, municipais e privados de Goiânia destinados a tratar casos de Covid-19. O texto também lembra os decretos municipais da capital, que restringem inúmeras atividades comerciais com o objetivo de evitar aglomerações.

Protocolada no feriado, o MP fixa cinco dias para que o Estado e o município respondam sobre a recomendação.

A prefeitura de Goiânia também recebeu a recomendação. Contudo, nem a capital e nem o Estado foram notificados, até o começo desta tarde de sexta (4).

Seleção brasileira

Destaca-se, o técnico da seleção brasileira, Tite, já deu a entender em coletiva que os jogadores não estão de acordo com a Copa América. A confirmação – ou não – deve ser dada após a partida contra o Equador, nesta sexta (4), às 21h30, pelas eliminatórias da Copa do Mundo. O jogo acontece no Beira-Rio, Rio Grande do Sul.

Porém, segundo o site espanhol jornal As, eles já teriam decidido que não jogariam. A CBF, contudo, não se manifestou até o momento.