Socorro na crise

Caiado determina leilão de carros de luxo para doação do recurso ao Materno-Infantil

Veículos eram utilizados pelos ex-governadores Marconi Perillo e José Eliton. O mais novo deles, adquirido em 2014 pelos tucanos, custou aos cofres públicos R$ 325,2 mil à época


Thais Lobo
Do Mais Goiás | Em: 10/01/2019 às 12:22:52

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“No momento crítico que vive o Estado, não há espaço para mordomias”, garantiu o governador Ronaldo Caiado (DEM) nesta quinta-feira (10), durante a entrega de dois veículos de luxo para leilão e doação dos valores ao Hospital Materno-Infantil (HMI). Os carros custaram, à epoca em que foram comprados, R$ 325 mil cada um.

Os veículos eram utilizados para o transporte do ex-chefe do Executivo e também da ex-primeira-dama. Os dois carros de luxo Equus VS 460 que irão à leilão valem, de acordo com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), mais de R$ 160 mil cada.O mais novo deles, adquirido em 2014 pelos tucanos, custou aos cofres públicos R$ 325,2 mil à época.

Caiado e Gracinha relataram que ‘abrem mão’ de privilégios e que a meta é a reestruturação econômico-financeira do Estado. “Não tem sentido, em meio ao caos administrativo, governador e primeira-dama se deslocarem em carros que são os mais caros no mundo”, argumentou o governador.

Acompanhado da primeira-dama, Gracinha Caiado, por secretários, deputados federais e estaduais, o governador, em ato simbólico, fez a entrega das chaves à diretora regional da organização social responsável pela administração do HMI, Rita de Cássia Leal. “Essa chave significa a mudança de uma gestão. Significa a sensibilidade do governo com os problemas vivenciados com a Saúde e, especificamente nesse ato, com o Materno-Infantil”, ressaltou.

Em nome da equipe, Leal agradeceu o gesto do governador e  apontou que a dívida do Estado, herdada das gestões passadas, com o HMI é de R$ 38 milhões. “Mas sua presença no hospital tem nos trazido um grande conforto. Precisamos que o Materno seja reconhecido diante da importância da assistência que ele presta”, acrescentou.

*Com informações da assessoria de imprensa