Francisco Costa
Do Mais Goiás

Caiado defende que plano de vacinação seja nacional, e não local

"Ao pensar em adquirir mais vacinas, não penso jamais que um Estado deva prevalecer sobre o outro. O que penso e apoio é um plano nacional de imunização", ressalta

Caiado admite plano de aquisição de vacina, mas para beneficiar todo o País
Caiado admite plano de aquisição de vacina, mas que é para beneficiar todo o País (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) afirma que um plano de aquisição de vacinas está em fase de discussão, mas que ainda não pode dar detalhes. Segundo ele, contudo, caso Goiás avance neste debate, ainda assim não sairá “um milímetro do Plano Nacional”.

Com isso, o governador reforça não ser favorável a ação do Bahia Rui Costa (PT) ao Supremo Tribunal Federal (STF), que pede pela possibilidade de estados e municípios comprarem diretamente a vacina.

“Sobre esse assunto é preciso ter menos palanque e mais ações”, diz e completa: “Ao pensar em adquirir mais vacinas, não penso jamais que um Estado deva prevalecer sobre o outro. O que penso e apoio é um plano nacional de imunização.”

Para Caiado, tudo for adquirido deve entrar no programa nacional, para todos os brasileiros, de acordo com a faixa etária. “Não aceito esperteza”, conclui.

Na próxima terça-feira (23), Goiás recebe 160 novas doses de vacina contra a Covid para aplicar em 80 mil pessoas, em duas fases. A expectativa é alcançar idosos com mais de 80 anos.