Alexandre Bittencourt
Do Mais Goiás

Caiado, Daniel, Marconi e Rogério Cruz lamentam morte de Léo Mendanha

Pai do prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, morreu nesta terça-feira (7), vítima da Covid-19

Caiado, Daniel, Marconi e Rogério Cruz lamentam morte de Léo Mendanha
Caiado, Daniel, Marconi e Rogério Cruz lamentam morte de Léo Mendanha (Foto: Diário da Aparecida)

Minutos depois de confirmada a morte do ex-deputado estadual Léo Mendanha (MDB) por Covid-19 nesta terça-feira (6), a classe política de Goiás foi às redes sociais para lamentar o falecimento.

O governador Ronaldo Caiado (DEM) publicou mensagem de pesar à família de Léo, pai do prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha (MDB).

“Foi com muita tristeza que recebi a notícia da morte do ex-deputado Léo Mendanha. Gracinha e eu reforçamos nossas orações para que Deus conforte os familiares, representados pelo prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, e dê forças nesse momento de dor. Contem com a gente”, diz o post.

 

Daniel Vilela, presidente do MDB em Goiás, disse que o ex-deputado foi um dos homens mais íntegros, leais e companheiros que ele conheceu. “Vai fazer falta demais para mim e para os aparecidenses”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Daniel Vilela (@danielvilela15)


O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, disse que está em orações para pedir a Deus que conforte o coração dos familiares e chamou o coronavírus de “vírus maldito”.

 

O ex-governador Marconi Perillo disse que construiu uma relação de amizade com Léo que se fortaleceu com a entrada de Gustavo na política. “É um momento de dor intensa”.