Polêmica

Caiado critica fusão de Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente

O futuro governador de Goiás faz parte da bancada ruralista do Senado Federal


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 01/11/2018 às 18:11:52

Ronaldo Caiado visitou Bolsonaro após término do 1º turno, no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)
Ronaldo Caiado visitou Bolsonaro após término do 1º turno, no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

O governador eleito em Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), criticou a possibilidade de fusão entre os Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente. A decisão de Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito, foi anunciada esta semana. O futuro governador de Goiás faz parte da bancada ruralista do Senado Federal.

“Acredito que são áreas bem específicas (agricultura e meio ambiente), que têm pontos interligados, mas são bem distintas. Não podemos deixar que nenhuma das duas áreas perca representatividade”, afirmou o democrata em rede social nesta quarta-feira (31). O governador ainda disse que as posições dele “tiveram receptividade” e serão levadas ao presidente eleito. O democrata apoiou Bolsonaro no segundo turno.

O anúncio de Bolsonaro, que tem como base o argumento de redução de gastos, recebeu críticas durante o período eleitoral e ele chegou a recuar sobre o assunto. Em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (1), o presidente eleito comentou o tema: “lá atrás, a ideia surgiu de um colega e foi bem recebida. Porque sempre há uma briga entre o Ministério da Agricultura e do Meio-Ambiente. Eu falei que estou pronto a voltar atrás, não há problema nenhum. Mas quem vai indicar o ministro do Meio-Ambiente é o senhor presidente Jair Bolsonaro, que não vai colocar ninguém lá por pressões de ONGs”.