RRF

Caiado afirma que venda de ações da Saneago será tratada com Bolsonaro e Paulo Guedes

Venda de ativos da Saneago é critério para ingresso no Regime de Recuperação Fiscal


Samuel straioto
Do Mais Goiás | Em: 16/02/2020 às 17:20:09

Caiado afirma que venda de ações da Saneago será tratada com Bolsonaro e Paulo Guedes (Foto: Mais Goiás)
Caiado afirma que venda de ações da Saneago será tratada com Bolsonaro e Paulo Guedes (Foto: Mais Goiás)

O governador Ronaldo Caiado afirmou que vai discutir à venda de ações da Saneago com o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido) e o ministro da Economia, Paulo Guedes. A Secretaria Especial de Privatizações do Ministério da Economia quer que o governo de Goiás faça a oferta pública de 51% de suas ações da Saneago e não os 49%, autorizados em lei aprovada pela Assembleia Legislativa.

“Esse é um assunto maior que envolve o governo de Goiás e a Saneago. Este assunto é tratado com o governador, o ministro e o presidente da República. Essa previsão é mais do momento nosso do que do momento deles (governo federal). Essa é uma análise que é feita por nós. Nós vamos saber a hora certa e para isso que nós contratamos pessoas especializadas para poder analisar o momento adequado.

Caiado está insatisfeito com o secretário especial de Privatizações, Salim Mattar. O secretário não compareceu em reunião no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, agendada pelo deputado federal José Nelto (Podemos), na última quinta-feira (15), em que o assunto seria debatido.

O governador tem pressa em resolução do impasse, pois no dia 6 de abril termina o período de vigência de liminar do Supremo Tribunal Federal que autoriza Goiás a suspender o pagamento da dívida junto a bancos públicos e ao Tesouro Nacional. A venda de ativos na área de saneamento é um dos critérios para ingresso de Goiás no Regime de Recuperação Fiscal.