Violência

Cachorro é baleado e espancado com barra de ferro em Marzagão

O animal teve a mandíbula quebrada e, dias após a internação, ainda não conseguiu comer; ele se recupera em uma clínica de Caldas Novas


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 20/01/2020 às 12:04:29

Imperador levou um tiro na perna e foi espancado com barra de ferro (Foto: Ong Socorro Animal/ Divulgação)
Imperador levou um tiro na perna e foi espancado com barra de ferro (Foto: Ong Socorro Animal/ Divulgação)

Um cachorro agredido na sexta-feira (18), em Marzagão, está internado em uma clínica de Caldas Novas para se recuperar. Ele deve permanecer sob cuidados veterinários por pelo menos mais dois dias e deve ser encaminhado para um abrigo temporário. O animal levou um tiro na perna e foi espancado na cabeça com uma barra de ferro por um morador do município a 200 quilômetros de Goiânia.

De acordo com o veterinário Edmar Barros, a bala atingiu a perna, mas acabou atravessando o membro do animal. Foi preciso fazer curativos no local. Por onde a bala saiu, o médico fez uma sutura. No entanto, ele afirma que os ferimentos provocados pela barra de ferro são mais preocupantes. “Ele quebrou os caninos e teve o olho esquerdo afetado. Não deve ficar cego, mas ainda não conseguiu comer”, diz.

O cachorro está sendo medicado com antibióticos e antiinflamatórios. O médico deve fazer o laudo para que o tutor do animal, o egípcio Mohamed Nafad Alfayome, de 34 anos, que mora em Anápolis, e resgata alguns animais na região, processe o autor. 

A agressão

Imperador, um vira-latas resgatado das ruas por Mohamed, foi agredido na sexta-feira por um morador de Marzagão. De acordo com o coordenador da ONG Socorro Animal, Josiel Pedro Barbosa, o autor do crime teria atirado no cachorro após ele latir. O suspeito acertou a cabeça do animal, que acabou desmaiando. 

Acreditando ter matado o animal, o suspeito ainda deu três tiros nele. No entanto, apenas um dos projéteis atingiram Imperador. A bala acertou na coxa, mas acabou atravessando o membro. 

Josiel afirma ainda que moradores de Marzagão tentaram acionar a Polícia Militar do local, mas não foram atendidos. A ONG foi até o local e resgatou o cachorro e levou para uma clínica veterinária de Caldas Novas. 

O Mais Goiás entrou em contato com a Polícia Militar e aguarda um posicionamento.