Do Mais Goiás

Cabeleireiros podem atender em casa, mas vigilância sanitária alerta para riscos

Profissionais oferecem serviço nas residências para driblar as dificuldades impostas pela crise pandêmica

Cabeleireiros podem atender em casa, mas vigilância sanitária alerta para riscos
Cabeleireiros podem atender em casa, mas vigilância sanitária alerta para riscos

Segundo a Vigilância Sanitária e Ambiental de Goiânia, profissionais como cabeleireiros não estão proibidos de irem até as residências das pessoas durante a quarentena por causa do novo coronavírus. Porém, a pasta alega que se trata de uma escolha e um risco pessoal receber um profissional na própria casa.

Esta informação foi repassada pela pasta, em decorrência de uma mensagem que circula pelo WhatsApp. O texto diz: “Olá aqui é do (nome suprimido), esperamos que você e sua família estejam bem e com saúde. A nossa hair specialist irá realizar alguns atendimentos amanhã dentro do condomínio (nome suprimido). Caso você se sinta à vontade e tenha interesse em ser atendida, me informe o melhor horário para poder reservar o seu horário.”

De fato, os profissionais têm apelado para atendimentos personalizados, na casa dos clientes, bem como delivery para combater a pandemia do novo coronavírus. Em um cenário em que o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê o encolhimento da economia brasileira em 5,3%, neste ano, buscar meios alternativos para trabalhar se tornou a rotina de diversos brasileiros.

A mensagem divulgada no aplicativo de conversa ainda faz questão de citar os cuidados. “Lembrando que a (nome suprimido) é super exigente e está seguindo a risca todos os protocolos de higienização e esterilização dos objetos de uso profissional também. O atendimento ocorrerá de máscara e após a desinfecção por álcool 70%”, escreve para, posteriormente, passar o contato da trabalhadora.

Foi tentado contato pelo número informado no texto, mas o mesmo caiu na caixa postal. Também foi enviada uma mensagem pelo aplicativo, mas até o fechamento da matéria não houve retorno.