Política

Cabe ao eleito rever tendência de aumento nos gastos públicos

Para o diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI), Felipe Salto, o atual contexto econômico exige uma combinação de medidas de ajuste fiscal. Para o próximo ano, o governo estima que vai fechar as contas com déficit primário de R$ 139 bilhões

FolhaPress | Postado em: 10/11/2018 às 08:37:11
Cabe ao eleito rever tendência de aumento nos gastos públicos
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil


Compartilhe



Compartilhe