Recorde

Brasileiro marca três gols e supera marca de Ronaldinho na Liga dos Campeões

Luiz Adriano, atacante do Shakhtar Donetsk, chega a nove gols na competição e é o artilheiro




O centroavante Luiz Adriano, com certeza, nunca mais vai se esquecer do Bate Borisov, clube da Bielo-Rússia. Depois de massacrar o rival com cinco dos sete gols que a sua equipe – o Shakhtar Donetsk – fez no duelo da rodada passada, fora de casa, o ex-jogador do Internacional marcou mais três nesta quarta-feira, em mais uma goleada do time ucraniano – em Lviv, aplicou 5 a 0 pela quarta rodada do Grupo H da Liga dos Campeões da Europa. Foram oito gols no total do brasileiro, o deixando assim como artilheiro da competição, com nove. Com isso, Luiz Adriano chegou ao seu 20º gol na Liga dos Campeões, todos pelo clube da Ucrânia, e passou Ronaldinho Gaúcho.

O resultado praticamente garantiu o Shakhtar Donetsk nas oitavas de final do torneio. Com oito pontos, o clube ucraniano está na vice-liderança da chave e tem cinco a mais que o próprio Bate Borisov, o terceiro colocado. A primeira colocação, com a vaga garantida, é do Porto, que chegou aos 10 pontos ao bater o lanterna Athletic Bilbao (1 ponto) por 2 a 0, na Espanha.

Convocado por Dunga para os amistosos do Brasil contra Turquia e Áustria, neste mês, na Europa, Luiz Adriano fez questão de mostrar ao técnico que está em grande forma. No primeiro gol, de Srna, deu a assistência de cabeça. No segundo, de Alex Teixeira, fez um corta-luz e “matou” dois zagueiros ao deixar a bola livre para o brasileiro marcar. Depois, balançou as redes três vezes, sendo que o primeiro foi em um pênalti que ele mesmo sofreu.

Na Espanha, o Porto mostrou competência para derrotar o Athletic Bilbao em pleno Novo San Mamés. Grande decepção do grupo, o time do País Basco teve uma péssima atuação defensiva e “deu” dois gols ao clube português. O primeiro do colombiano Jackson Martínez e o segundo de Brahimi, em uma falha grotesca do goleiro Iraizoz.