Jessica Santos
Do Mais Goiás

Bombeiros fazem desinfecção de terminais e plataformas do Eixo Anhanguera na Grande Goiânia

Limpeza com aplicação de produtos químicos visa higienizar locais de bastante acesso e evitar a propagação do coronavírus no Estado

Os 21 terminais de ônibus do transporte coletivo que integram a Grande Goiânia podem ser interditados para evitar aglomeração e contágio do coronavírus. (Foto: Reprodução / Arolldo Costa)

Equipes do Corpo de Bombeiros iniciam, na noite desta sexta-feira (3), uma operação de desinfecção de terminais e plataformas de embarque e desembarque do Eixo Anhanguera, em Goiânia e Região Metropolitana da capital. Limpeza com aplicação de produtos químicos visa higienizar locais de bastante acesso e evitar a propagação do coronavírus no Estado.

Denominada Eixo Anhanguera Seguro, a operação terá início às 19h30, no terminal Padre Pelágio, no Setor Jardim Fonte Nova, em Goiânia. As ações do primeiro dia ficarão concentradas apenas no mencionado local. Nos próximos dias, a desinfecção será estendida para os terminais Dergo, Praça A, Praça da Bíblia e Novo Mundo. As plataformas que integram a linha do eixo também receberão os trabalhos.

Segundo expõe o Corpo de Bombeiros, a operação irá acontecer sempre à noite para evitar a concentração de pessoas. Os militares da Companhia Ambiental de Operações com Produtos Perigosos vão aplicar produtos químicos para descontaminar os ambientes e reduzir a possibilidade de circulação do coronavírus.

Ainda de acordo com a corporação, inicialmente a operação será realizada na linha principal do Eixo, mas pode se estender aos demais terminais da Grande Goiânia.

RedeMob

Em nota, o RedeMob Consórcio informou que tem atuado para prevenir a disseminação do novo vírus nos terminais de transporte público coletivo. O foco da atuação, conforme expõe o texto, é a intensificação de limpeza nos terminais e plataformas de embarque e desembarque.

De acordo com o Consórcio, os profissionais da empresa foram orientados sobre os perigos do coronavírus e “estão preparados para dar toda orientação e apoio aos clientes do transporte público coletivo”.

A RedeMob pede que os passageiros informem os profissionais, caso identifiquem a falta de materiais de higiene nos banheiros dos terminais ou qualquer outra situação de risco. As denúncias também podem ser feitas nos canais de atendimento do Consórcio pelo número 0800 648 2222 ou perfis nas redes sociais.