Enchentes

Bombeiros confirmam sexta morte em São Paulo por causa da chuva

No boletim de ocorrência é destacada a dificuldade de os bombeiros chegarem até o corpo

Brasil

FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress | Em: 12/02/2020 às 17:30:21

(Foto: Agência Brasil/ Reprodução)
(Foto: Agência Brasil/ Reprodução)

A sexta morte por causa das fortes chuvas no estado de São Paulo, na segunda-feira passada (10), foi confirmada nesta quarta-feira (12), em Araçariguama (53 km de SP). As outras mortes ocorreram em Marília e Botucatu, respectivamente 435 km e 238 km da capital paulista.

Segundo a Prefeitura de Araçariguama, gestão João Batista Damy Corrêa Júnior (sem partido), Adriano Marques de Melo, 35 anos, foi levado pela enxurrada na segunda e seu corpo foi encontrado somente nesta quarta, por volta de 6h30.

No boletim de ocorrência é destacada a dificuldade de os bombeiros chegarem até o corpo, por causa do grande volume de barro onde ele foi encontrado, no bairro Santa Ella, que fica às margens do rio Tietê, que transbordou e alagou ruas.

A Guarda Civil Municipal disse que Melo e um amigo tentaram enfrentar a correnteza na segunda-feira, dia em que a capital paulista, região metropolitana, litoral e interior foram assolados por chuva constante.

De acordo com um guarda-civil, que pediu para não ter o nome publicado, um outro amigo tentou convencer Melo a não enfrentar a forte correnteza. “Porém, a vítima e mais uma pessoa entraram na água. Quando o amigo percebeu que não dava para encarar a água, voltou. Mas o outro rapaz não conseguiu e acabou sendo levado pela correnteza”, explicou.

Segundo os bombeiros, 22 pessoas foram retiradas de áreas de risco em Araçariguama, sendo uma pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar, 17 em embarcações e quatro por terra, por meio de uma trilha feita com a ajuda de um trator.

Foram usadas na ação sete viaturas, ocupadas ao todo por 18 bombeiros do 15º Grupamento de Sorocaba (99 km de SP).

Desabrigados e desalojados por causa da chuva*
Araçariguama: 5 desalojados e 20 desabrigados
Barueri: 3 desalojados
Botucatu: 125 desabrigados e 30 desalojados.
Carapicuíba: 65 desalojados
Capivari: 27 desabrigados e 12 desalojados
Cubatão: 2 desalojados
Juquiá: 3 desalojados
Peruíbe: 6 desabrigados e 100 desalojados.
Pirapora do Bom Jesus: 17 desalojados e 100 desabrigados
Taboão da Serra: 32 desalojados
Itaquaquecetuba: 100 desalojados 28 desabrigados
Itu: 23 desalojados e 3 desabrigados.
Guarulhos: 40 desalojados 12 desabrigados.
Jandira: 32 desalojados
Osasco: 48 desalojados
São Bernardo do Campo: 100 desalojados
Juquitiba: 1 desalojado.
Salto: 16 desalojados
Ribeirão Pires: 4 desalojados
Santana de Parnaíba: 32 desalojados
Total: 759 desalojados e 234 desabrigados
Fonte: Governo do Estado de São Paulo
*Dados atualizados pela Defesa Civil na tarde de terça-feira (11)