Incêndio

Bombeiros combatem incêndio em apartamento no Setor Oeste, em Goiânia

Cinco viaturas da corporação foram acionadas para combater as chamas; proprietários do apartamento não estavam em casa no momento do incêndio; ainda não há informações sobre o que causou as chamas


Altemar Santos
Do Mais Goiás | Em: 16/12/2019 às 09:06:44
Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 16/12/2019 às 09:06:44

O incêndio atinge um apartamento do prédio residencial (Foto: Leitor/Mais Goiás)
O incêndio atinge um apartamento do prédio residencial (Foto: Leitor/Mais Goiás)

Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas, na manhã desta segunda-feira (16), para combater um incêndio no Edifício Residencial Veredas do Lago, localizado na Alameda das Rosas com a Avenida Anhanguera, no Setor Oeste, em Goiânia. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio atingiu apenas a suíte e parte da cozinha de um apartamento do 13º andar do Edifício. Ninguém ficou ferido e os moradores não tiveram de evacuar o prédio.

A equipe foi acionada por volta das 8h20 para verificar a suspeita de incêndio. Conforme expôs a equipe, no local havia muita fumaça, o que preocupou moradores da região. Segundo uma funcionária do prédio, que preferiu não se identificar, contou que uma pessoa caminhava pela rua quando viu a fumaça saindo pela janela do apartamento e decidiu avisar a mulher. Os moradores do apartamento não estavam em casa quando o incêndio começou.

“Eu liguei para os Bombeiros de imediato e, em seguida, avisei para a zeladora. Os moradores saíram dos apartamentos porque ficaram com medo”, declara.

A funcionária explica, ainda, que os donos do apartamento foram contatados pela administração do prédio e não demoraram para chegar. Ainda não se sabe o que teria provocado o incêndio, mas houve muitos danos ao apartamento.

“Eles [os proprietários do apartamento] chegaram rápido. Estão acompanhando o trabalho dos Bombeiros, mas estão muito abalados para poder falar”, explica.

Para conseguir controlar as chamas, cinco viaturas da corporação se deslocaram para o local. Até as 9h58, os militares ainda estavam no local realizando o rescaldo. Ainda não se sabe se o edifício tinha os equipamentos de segurança contra incêndios.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em

Aguarde mais informações!

**Matéria atualizada às 10h30