Perigo

Bomba encontrada em Rodoviária é destruída em Anápolis

Mulher recebeu R$ 1 mil para transportar o explosivo de Tocantins para Goiás. Bomba seria usada para explodir caixas eletrônicos

Cidades

Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 25/01/2020 às 09:06:12

Uma bomba encontrada na Rodoviária de Anápolis foi destruída na noite desta sexta-feira (24). Local precisou ser interditado por mais de 6h. (Foto: Reprodução)
Uma bomba encontrada na Rodoviária de Anápolis foi destruída na noite desta sexta-feira (24). Local precisou ser interditado por mais de 6h. (Foto: Reprodução)

Uma bomba encontrada na Rodoviária de Anápolis foi destruída na noite desta sexta-feira (24). O explosivo, de aproximadamente 5 kg, foi localizado dentro da mochila do filho de uma jovem, de 19 anos, e o terminal precisou ser interditado por mais de 6h até a destruição da bomba. Mulher recebeu R$ 1 mil para transportar o explosivo de Tocantins para Goiás.

A bomba foi destruída por equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), da Polícia Militar (PM), por volta das 21h, nas proximidades da Rodoviária. A explosão resultou em um buraco de cerca de 2m de profundidade no chão. Suspeita é que bomba tinha capacidade para derrubar um prédio de pequeno porte.

 

 

Segundo informações repassadas pela corporação, o explosivo foi encontrado depois que militares notaram a jovem, que estava com o filho, em atitude suspeita após avistar policiais no terminal.

A equipe, então, resolveu abordar a mulher e localizou a bomba na mochila da criança. À PM, ela contou que recebeu R$ 1 mil para transportar o explosivo de um homem que não conhecia em Araguaína, Tocantins. Segundo relatou aos policiais, a jovem entregaria a bomba também para um desconhecido que iria entrar em contato com ela. O explosivo, de acordo com ela, seria utilizado para explodir caixas eletrônicos.

Após o flagrante, a mulher foi detida e encaminhada à delegacia de Anápolis. O filho dela, de 3 anos, foi levado ao Conselho Tutelar do município.