Estadao Conteúdo

Bolsonaro diz a apoiadores que prevê 100 mil motos em passeio em São Paulo

Estimativa foi feita a apoiadores que estavam concentrados na porta do Palácio da Alvorada

Estimativa foi feita a apoiadores que estavam concentrados na porta do Palácio da Alvorada
Estimativa foi feita a apoiadores que estavam concentrados na porta do Palácio da Alvorada (Foto: Sérgio Lima/Poder360)

O presidente Jair Bolsonaro prevê a participação de 100 mil motos no passeio com simpatizantes do governo marcado para o sábado, 12, em São Paulo. A estimativa foi feita na noite desta segunda-feira, 7, a apoiadores concentrados em frente ao Palácio da Alvorada. O presidente não usava máscara, equipamento de proteção recomendado por especialistas para conter a pandemia de covid-19, em recrudescimento no País.

Bolsonaro disse não saber qual será o percurso exato do evento, semelhante ao ocorrido no Rio de Janeiro no dia 23 de maio. O episódio ganhou dimensão ao contar com a participação do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, um general da ativa que, em tese, não poderia participar de atos políticos. Pazuello, contudo, foi absolvido pelo Exército.

Na manhã desta segunda, Bolsonaro já havia convidado seus apoiadores na saída do Alvorada para o passeio. “Vamos estar sábado em São Paulo dar um passeio de moto? Estão marcando – não sou eu que estou organizando não – um percurso de 40 km. Muito pequeno. Tem que sair de São Paulo, ir por Campinas (SP), Jundiaí (SP) e voltar”, afirmou. “Depois que ocorrer o de sábado, a gente marca um outro. Não sei qual vai ser não”, disse Bolsonaro a um apoiador que pediu a realização de um evento semelhante em Chapecó (SC).