Impeachment

Bolsonaro apresenta pedido de impeachment de Dilma

Pedido foi feito antes das manifestações contra a presidente Dilma Rousseff





//

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) apresentou na quinta-feira à Câmara dos Deputados um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff por suposto crime de responsabilidade. Militar da reserva do Exército, Bolsonaro apresentou o pedido três dias antes das manifestações contra a petista no próximo domingo.

O pedido de Bolsonaro é o 19º já protocolado contra a presidente, sendo que 17 já foram arquivados pela Câmara dos Deputados. Cabe ao presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dar seguimento ou não às solicitações.

No documento, Bolsonaro fala das denúncias envolvendo a Petrobras, as quais considera mais consistentes que as que levaram Fernando Collor ao processo de cassação em 1992. “Hoje o volume de acusações e denúncias é absurdamente mais consistente, estando a denunciada vinculada há mais de 12 anos ao poder, obtendo maioria de votos que necessita de modo questionável”, disse.

Dentre os pedidos contra Dilma, apenas dois foram feitos por parlamentares. Além de Bolsonaro, o senador Mário Couto (PSDB-PA) entrou com duas ações semelhantes em 2014. Foram cinco pedidos protocolados só neste ano.

Tópicos