Economia

Bolsas internacionais são abaladas após ataque do Irã às bases dos EUA

Ação iraniana aumentou os temores de um conflito de maiores proporções


Leicilane Tomazini
Do Mais Goiás | Em: 08/01/2020 às 11:40:25

O presidente americano, Donald Trump, disse que vai mandarm homens do Exército fortemente armados para as ruas para conter atos contra racismo (Foto: JIM BOURG)
O presidente americano, Donald Trump, disse que vai mandarm homens do Exército fortemente armados para as ruas para conter atos contra racismo (Foto: JIM BOURG)

O clima deve ser de tensão, nesta quarta-feira (8), nas bolsas de valores mundiais. Isto porque, os ataques do Irã às duas bases norte-americanas no Iraque, aumentaram os temores de um conflito com maiores proporções.

Segundo informações divulgadas pela Revista Exame, as bolsas asiáticas caíram mais de 2% ao longo da madrugada, e todas fecharam em queda, sendo que Tóquio recuou 1,57%; Hong Kong, 0,83%; e Xangai, 1,22%. Já os índices futuros das bolsas americanas caíram mais de 1% no período.

Após os ataques, o preço do petróleo também chegou a subir mais de 5%. O índice Vix, conhecido como termômetro do medo global, começou o dia com alta de 6,96%.

Os desdobramentos do conflito ainda são uma incógnita, já que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou na noite de terça-feira (7), no Twitter, que “está tudo bem”, referindo-se às bases atacadas.  O Irã, por sua vez, teve o cuidado, segundo os analistas, em afirmar que a reação foi proporcional ao ataque sofrido, e que as ações de agora em diante dependem de reações americanas.