RAINHA

Blond Ambition: Turnê de Madonna completa 30 anos; relembre as polêmicas

Masturbação no palco, boicote do Papa e ameaça de prisão. Madonna fez história em uma das turnês mais marcantes da música pop


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 13/04/2020 às 16:25:45

Blond Ambition Tour arrecadou mais de 62 milhões de dólares e consolidou Madonna como uma força absoluta na música pop (Foto: Getty Images)
Blond Ambition Tour arrecadou mais de 62 milhões de dólares e consolidou Madonna como uma força absoluta na música pop (Foto: Getty Images)

No dia 13 de abril de 1990, após o sucesso do álbum Like a Prayer, Madonna dava início àquela que seria a mais polêmica turnê da carreira. Mesclando religião e sexualidade, temas que acompanham os trabalhos da artista até hoje, a Blond Ambition Tour arrecadou mais de 62 milhões de dólares e consolidou Madonna como uma força absoluta na música.

Começando pelas polêmicas. Em um dos momentos mais lembrados da apresentação, a cantora simulava masturbação em cima de uma cama ao som de Like a Virgin. Em Papa Don’t Preach, ela se vestia como um padre e cantava sobre aborto usando um crucifixo no pescoço.

Como não poderia deixar de acontecer, tudo isso despertou a ira da Igreja Católica.

Um dos shows na Itália foi cancelado após o boicote organizado pelo próprio Papa João Paulo II. À época, o religioso disse que o show de Madonna era “uma das apresentações mais satânicas da história”.

No Canadá, a polícia tentou obrigar a produção do espetáculo a cancelar a apresentação de Like a Virgin. No país, inclusive, a artista foi ameaçada de prisão.

Esses momentos podem ser vistos no documentário Na Cama com Madonna, que mostra os bastidores da turnê. Vale lembrar que, durante mais de uma década, a produção deteve o recorde de documentário com a maior bilheteria do cinema.

Mas a turnê não rendeu apenas polêmicas “negativas”. Toda a arrecadação das apresentações em Nova York foi doada à AMFAR (Fundação de combate a AIDS).

Na época, início da década de 1990, quando ainda era tabu falar sobre o tema, Madonna colocou no encarte do disco Like a Prayer instruções de prevenção ao HIV. Nos shows, a cantora espalhava mensagens sobre a prática de sexo seguro, em um momento em que o tema era temido e incompreendido por grande parte da população.

Na Blond Ambition Tour, a rainha do pop criou um conceito utilizado até hoje nos shows que faz: a divisão por atos. Auxiliados pela escolha da setlist, cenografia e vestuário, juntos os blocos contam uma história. É como se a apresentação fosse um filme.

Desde então, vários artistas como U2, Pet Shop Boys e Kylie Minogue adotaram o modelo de performance em turnês.

Sutiã de cone

O figurino da Blond Ambition Tour é um show a parte. O icônico sutiã em formato de cone, uma das marcas registradas de Madonna nesses quase 40 anos de carreira, e todos os outros looks, foram criados por Jean Paul Gaultier.

Blond Ambition: Turnê de Madonna completa 30 anos; relembre as polêmicas

Icônico sutiã em formato de cone, uma das marcas registradas de Madonna (Foto: Reprodução)

Durante uma entrevista ao The New York Times em 2001, o estilista afirmou ter desenhado cerca de 1.500 esboços para a turnê e disse que Madonna gostava das roupas que fazia “porque combinavam o masculino e o feminino”.

“Sempre a admirei. Gostava que, quando ela ainda não era tão famosa, já era uma artista original, colocava o sutiã visível, transparências, crucifixos como jóias”, acrescentou.

Tire as crianças da sala e assista ao show completo da Blond Ambition:

Jesus seria a favor da legalização do aborto, diz Madonna

*Com informações do UOL e Madonna Online