Telemania
Do Mais Goiás

Crítica: O Diabo Veste Prada – Especial 15 anos

Lançado em 2006, filme é estrelado por Anne Hathaway, Meryl Streep, Emily Blunt e Stanleu Tucci

(Foto: Reprodução/20th Century Studios)

Já se passaram 15 anos desde o lançamento de “O Diabo Veste Prada”, e se o filme continua sendo visto, revisto e lembrado até hoje por muitas pessoas, podemos dizer que ele é, sim, um clássico moderno do cinema.

Dirigido por David Frankel e estrelado por Anne Hathaway, Meryl Streep, Emily Blunt e Stanley Tucci, o longa conseguiu se fincar no imaginário popular ao trazer uma história sobre autoconhecimento, autovalorização e evolução profissional, e também pelo humor sutil com que trabalha o mundo da moda e os personagens em questão. Além, claro, de ter um elenco formidável, e principalmente, uma Meryl Streep que transcendeu a própria obra e se tornou uma das personagens mais lembradas e utilizadas até hoje como exemplo de chefe sisudo e exigente. A atriz (pra variar) foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz.

Por que o cabelo fica branco? | Super

(Foto: Reprodução/20th Century Studios)

Miranda Pristley (Streep) é um ícone da moda, uma referência dentro do universo cinematográfico de estilo, eficácia e liderança, mas também lembrada como um ser humano exigente, narcisista e pouco empático. Mas não menos uma excelente profissional que, a seu modo, sabe também reconhecer talento. Mas a história de “O Diabo Veste Prada” é sobre Andreia (Hathaway), e sua jornada evolutiva como mulher e profissional que se coloca fora de sua zona de conforto em um mundo totalmente novo para ela, mas que lhe exigirá pensamento rápido, perspicácia, mas acima de tudo, vontade.

Apesar de todos os perrengues e exigências estapafúrdias de sua chefe, ao fim, o velho clichê do aprendizado persiste e Andreia se torna uma profissional melhor e mais preparada. E o grande trunfo da história: Andreia não se deixa levar pelos maus exemplos, e não se deixa transformar em alguém também sem empatia e respeito pelo próximo. A experiência foi difícil, mas foi uma experiência que contribuiu para seu crescimento e descobrimento pessoal.

John Krasinski Has Seen 'The Devil Wears Prada' 70 Times - Variety

(Foto: Reprodução/20th Century Studios)

A direção de David Frankel é um êxito, e ele consegue desenvolver com maestria a ambientação daquele universo frenético e movimentado da moda, mas também as nuances importantes para consolidar na mente do público os personagens.

Apesar de ter alguns momentos cansativos envolvendo Andreia e seu namorado (as partes mais chatinhas do filme), o roteiro escrito por Aline Brosh McKenna é uma adaptação que capta o que há de melhor no livro de Lauren Weisberger e torna a experiência cinematográfica ainda mais gratificante e marcante.

Se “O Diabo Veste Prada” não fosse um excelente filme, não seria lembrado 15 anos depois durante as comemorações de seu aniversário. Um dos retratos mais fidedignos da indústria da moda, a obra vai muito além da superficialidade. É um filme sobre se reencontrar. Sobre se conhecer e evoluir. Sobre superar obstáculos. Mas sem deixar de lado a diversão. Um clássico, sem dúvida!

The Devil Wears Prada/EUA – 2006

Dirigido por: David Frankel

Com: Anne Hathaway, Meryl Streep. Emily Blunt, Stanley Tucci…

Sinopse: Andrea Sachs (Anne Hathaway) é uma jovem que conseguiu um emprego na Runaway Magazine, a mais importante revista de moda de Nova York. Ela passa a trabalhar como assistente de Miranda Priestly (Meryl Streep), principal executiva da revista. Apesar da chance que muitos sonhariam em conseguir, logo Andrea nota que trabalhar com Miranda não é tão simples assim.

Pin on The Devil Wears Prada