Telemania
Do Mais Goiás

Crítica: Quo Vadis, Aida? | Oscar 2021

Longa-metragem foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Internacional

(Foto: Reprodução)

De maneira bem, mas bem resumida, a Guerra da Bósnia foi o resultado de uma série de agitos políticos, e sociais, de décadas com povos distintos em busca de uma pátria. Antiga Iugoslávia, os bósnios era parte desta população que desejava se tornar independente. Enquanto os Sérvios não aceitavam tal independência e defendiam a formação da Grande Sérvia.

A Guerra da Bósnia foi marcada por massacres de ambos os lados, porém, o lado sérvio foi quem exerceu maior poder de fogo ao aplicar uma limpeza étnica mais que resultou na morte de milhares de bósnios. Um desses cenários é o visto neste filme. A mando do coronel-general Ratko Mladic, o Massacre de Srebrenica resultou na morte de 8 mil bósnios que depois foram enterrados em valas comuns.

“Quo Vadis, Aida?” se passa na pequena cidade de Srebrenica, no leste da Bósnia, em 1995, mas especificamente em um enorme galpão liderado por soldados da ONU. O avanço das tropas sérvias levou milhares de cidadãos bósnios a se reunirem no local. Em meio ao caos, o coronel líder da instalação procura negociar com o coronel-general sérvio Ratko Mladic vias para salvar os inocentes e levá-los para outro local. Enquanto isso, à medida que os sérvios tomam conta, acompanhamos a intérprete Aida (Jasna Đuričić) em sua busca constante para salvar os filhos e o marido.

Com roteiro e direção soberbas de Jamila Zbanic, “Quo Vadis, Aida?” é uma frenética luta por sobrevivência de uma mãe em meio ao caos da desordem humana e das relações políticas instáveis. Zbanic desenvolve os conflitos sociais, e a violência desumana da guerra, com ritmo constante, urgência e desespero. Tudo isso ancorado em uma atuação magistral da atriz Jasna Đuričić, numa dessas performances inesquecíveis e de entrega absoluta.

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Internacional, “Quo Vadis, Aida?” está disponível para locação online em diversas plataformas. E vale muito o investimento.

Quo Vadis, Aida?/BÓSNIA E HERZEGOVINA, ÁUSTRIA, ROMENIA… – 2020

Dirigido por: Jamila Zbanic

Com: Jasna Đuričić, Jonah Heldenbergh, Raymond Thiry…

Sinopse: Quo Vadis, Aida? é a história de Aida (Jasna Djuricic), uma mulher que trabalha como tradutora para uma equipe de manutenção da paz. Elá está em um acampamento onde seu marido e seus dois filhos estão detidos juntos de milhares de cidadãos bósnios.

Quo Vadis, Aida ? poster - Foto 2 - AdoroCinema