Telemania
Do Mais Goiás

Crítica: Luca (2021) – Disney+

Nova animação da Pixar fala sobre respeito, aceitação e nunca desistir dos sonhos

(Foto: Reprodução/Disney-Pixar)

Novo projeto original da Pixar, “Luca” é uma jornada sobre amizade, respeito, amor, carinho e aceitação em meio a paisagem linda da Riviera Italiana de uma cidadezinha perto de Gênova. Na trama, Luca é um ser marinho que quando está fora da água consegue adquirir a forma humana. Após conhecer Alberto (também um ser marinho), ambos decidem ir até a vila dos humanos com o sonho de conseguir uma Vespa (famosa motocicleta italiana). O problema é que os humanos consideram sua espécie como monstros marinhos, e estão à caça das criaturas, portanto, eles não podem revelar sua verdadeira forma.

Dirigido por Enrico Casarosa a partir de uma história inspirada na infância do próprio diretor, “Luca” é repleto de ensinamentos valiosos. A Pixar sabe lidar com temas humanos e pessoais sem soar boba ou cafona, e “Luca” fala sobre amadurecimento, infância, aprendizado, respeito, amizade e, principalmente, entender o seu valor com bastante lirismo, beleza e sentimentos. Aliás, a grande mensagem do roteiro da animação é sobre aceitação. O filme não expõe, mas claramente os personagens de Luca e Alberto representam pessoas vítimas de preconceito, racismo e rejeição por causa da aparência, ou da cor da sua pele, ou da orientação sexual, ou de qualquer ato ou pensamento que difere daquilo que é considerado padrão.

Mas em meio a toda esta temática valiosa, o filme perde muito em ritmo quando os personagens vão até a cidade dos humanos. Primeiro: falta mais espírito de aventura e melhor desenvolvimento dos personagens. E segundo: o vilão é patético, chato e artificial. Um personagem que sempre é o mesmo tom, e sem o mínimo de profundidade que nos ajude a entender os motivos de ser tão asqueroso, desrespeitoso e mal educado.

“Luca” possui qualidades louváveis, mas é um desses projetos que falta a faísca Pixar. É bom, divertido e competente, mas não tão memorável ou marcante dramaticamente falando como outros projetos do estúdio (e olha que tivemos “Soul” ano passado). Porém, é um filme mágico quando resolve falar sobre sonhos e explorar a amizade extasiante entre os protagonistas, e que se torna a força motriz da narrativa. Um filme que ensina a importância de se aceitar como é, encarar os desafios e preconceitos, e nunca desistir. Além, claro, de mostrar que amar alguém é entender esta pessoa, e respeitar suas escolhas.

Disponível para assistir gratuitamente no Disney+.

Luca/EUA – 2021

Dirigido por: Enrico Casarosa

Vozes no original: Jacob Tremblay, Jack Dylan Grazer, Maya Rudolph…

Sinopse: Em Luca, acompanhamos uma história de amadurecimento sobre um jovem que vive um verão inesquecível repleto de sorvetes, massas e passeios intermináveis de scooter. Luca compartilha essas aventuras com seu novo melhor amigo, mas toda a diversão é ameaçada por um segredo profundamente bem guardado: eles são monstros marinhos de outro mundo, logo abaixo da superfície da água.

Luca (2021) - Rotten Tomatoes