Vice-governador Lincoln Tejota faz reunião com funcionários via teletrabalho

Medida faz parte de controle do coronavírus em vigor na vice-governadoria


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 16/03/2020 às 17:30:47


Em razão do decreto de emergência em Saúde Pública em Goiás, medidas de prevenção foram adotadas na vice-governadoria de Goiás partir desta segunda-feira (16) para prevenção à propagação do novo coronavírus entre os servidores. A reunião do vice-governador Lincoln Tejota com todos os gerentes, para definição semanal do trabalho, foi realizada remotamente, via plataforma lançada pela Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) acessada por celulares e computadores pessoais.

Tejota lembrou a severidade mundial da doença e a atuação imediata do governo de Goiás em instruir e restringir o convívio social, atendendo a recomendação das autoridades de saúde. “É importante atendermos ao máximo às medidas constantes no decreto governamental, sem prejuízo à prestação do serviço, mas evitando as aglomerações e ajuntamentos interpessoais”, pontuou.

Segundo os especialistas, essa medida visa conter a propagação acelerada do novo coronavírus e, por causa disso, seguindo o decreto 9.633 e a Nota Técnica nº 1/2020 da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), a Sedi orientou ao teletrabalho das equipes administrativas, que podem acessar de casa os sistemas corporativos do Estado de Goiás e, ainda, realizar reuniões por videoconferência como a que foi feita pela manhã na vice-governadoria.

“Reforço que todos devem levar a sério as recomendações, conforme já insistentemente orientadas pelo governador Ronaldo Caiado, que sendo médico, tem sido firme no aspecto preventivo para que Goiás não venha a sofrer mais com os efeitos da Covid-19”, frisou o vice, que alterou ainda a sua agenda para atender às medidas, e determinou também o preparo de uma portaria para adequar o trabalho interno ao decreto.​

Tejota fez teste para o coronavírus e está em casa desde quinta.

Tópicos

    Publicidade