DE OLHO

Vanderlan vê com preocupação aproximação dos Vilela com Caiado

Um dos pré-candidatos ao governo em 2022, senador teme enfraquecimento da oposição


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 19/08/2020 às 15:21:04

Vanderlan e Daniel Vilela (Fotos: Divulgação)
Vanderlan e Daniel Vilela (Fotos: Divulgação)

Um dos fortes nomes da oposição a Ronaldo Caiado (DEM) em Goiás, o senador Vanderlan Cardoso (PSD) tem observado com preocupação a aproximação de Maguito Vilela (MDB) com o governo democrata.

Aliado do presidente estadual do MDB em Goiás, o ex-deputado federal Daniel Vilela, desde 2010 o senador está de orelha em pé com as declarações que configuram uma tentativa de aproximação com o governo que Maguito Vilela, pai de Daniel, tem feito à imprensa. Atualmente, Vanderlan, Daniel, Maguito, o presidente do PSD, Vilmar Rocha, e o PSDB, capitaneado pelo ex-governador Marconi Perillo, formam a trupe de oposicionistas à administração caiadista.

A preocupação de Vanderlan, de acordo com aliados do senador, consiste no enfraquecimento que a oposição pode sofrer caso Maguito e Daniel se alinhem com Caiado. Um dos motivos que culminaram na saída de Vanderlan do PP, no início do ano, foi exatamente a decisão do presidente do Progressistas em Goiás, Alexandre Baldy, de fazer parte do base aliada do governador.

Apesar dos projetos de Vanderlan e Daniel se chocarem, já que os dois desejam concorrer ao governo contra Caiado em 2022, o pessedista sabe que se a oposição se enfraquecer na metade do caminho, nenhum deles terá chances contra a máquina do governo nas próximas eleições.


Publicidade