DENÚNCIA

Priscilla Tejota cobra testes rápidos da Covid-19 para servidores da saúde

Comissão de Saúde e Assistência Social da Câmara Municipal recebeu denúncias sobre a falta de assistência aos profissionais que estão na linha de frente no combate ao coronavírus


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 03/06/2020 às 16:09:52

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Na sessão ordinária presencial desta quarta-feira (3), a presidente da Comissão de Saúde e Assistência Social da Câmara Municipal de Goiânia, vereadora Priscilla Tejota (PSD), apresentou denúncias recebidas pelo colegiado sobre a falta de testagem para diagnóstico de Covid-19 em profissionais da saúde como enfermeiros, técnicos de enfermagem, motoristas de ambulância, maqueiros, guardas civis e trabalhadores da área administrativa das unidades de saúde da capital.

“Esses servidores têm trabalhado em condições desumanas, sem o teste rápido [para a detectar o coronavírus], sem equipamentos de proteção nas unidades de saúde, expondo um grave descaso da administração pública com os profissionais que trabalham na linha de frente do combate a pandemia”, declarou Priscilla.

Segundo Priscilla, a comissão recebeu informações de casos em que hospitais onde profissionais apresentaram sintomas, ou até tenham sidos diagnosticados com Covid-19, não foram feitos testes com os outros funcionários da unidade. A vereadora disse que recebeu também a denúncia de falta de copos descartáveis nos Cais da capital, além de falta de luvas e máscaras em quantidade insuficiente.

É um absurdo. Sem esses equipamentos e sem os testes, o profissional corre risco de ser infectado e também de transmitir o vírus aos colegas, pacientes e familiares. A nossa secretária é médica, pesquisadora e sabe dos riscos. Se não tomarmos uma postura, vamos assistir os trabalhadores de frente serem, infelizmente, adoecidos gravemente, podendo perder a vida’’, avaliou a vereadora.

A parlamentar informou, ainda, que as demandas serão encaminhada ao Ministério Público de Goiás para que sejam apuradas e as providências cabíveis sejam tomadas pelo órgão. “A nossa solicitação é para que seja obrigatória a testagem dos servidores municipais nas unidades com comprovação de Covid-19”, argumentou.


Publicidade