Vagas para não reeleitos

PL que amplia cargos na Câmara pode servir para abrigar vereadores derrotados

Iniciativa está causando desconforto entre os parlamentares que não concordam com a alteração


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 22/12/2020 às 10:27:36

Presidente da Câmara de Goiânia, Romário Policarpo (Foto: divulgação/Câmara)
Presidente da Câmara de Goiânia, Romário Policarpo (Foto: divulgação/Câmara)

Um Projeto de Lei (PL) de autoria do presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo (Patriotas), cria uma nova diretoria na Casa e altera as atribuições de outra. O Blog Poder em Jogo apurou que, com salários de R$ 12.092,96, pouco menores que os dos próprios vereadores, as diretorias de Tecnologia da Informação e de Recursos Humanos seriam destinadas a acolher parlamentares que não foram reeleitos.

Hoje, a Diretoria de Recursos Humanos deve ser ocupada exclusivamente por servidores de carreira, mas perderia essa atribuição caso o Projeto seja aprovado pela Mesa Diretora. Causou desconforto entre os parlamentares o fato de que os dois cargos de diretoria seriam criados para vereadores que estão em fim de mandato e foram preteridos pelos eleitores.

A nova Legislatura, que se inicia em 2021, é composta por 62,8% de novos vereadores. Caso a manobra seja aprovada, a renovação da Casa seria menor do que a exigida pelas urnas.


Publicidade