Mesmo com Gomide favorito, campanha em Anápolis esquenta na reta final

Debate entre os três principais postulantes à Prefeitura anapolina ocorrerá na noite deste domingo (25)


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 25/10/2020 às 16:28:54

Antônio Gomide (PT) | Foto: Renan Accioly
Antônio Gomide (PT) | Foto: Renan Accioly

Há 20 dias do primeiro turno, está aumentando a olhos vistos o acirramento eleitoral em Anápolis, terceiro maior município de Goiás. As recentes trocas de críticas entre os candidatos na imprensa e nos programas de TV e a perspectiva de dois debates que devem juntar, finalmente, todos os oponentes, alimentam esse clima.

No primeiro debate, realizado no último dia 14 e que não contou com a presença do favorito nas pesquisas, o deputado estadual Antônio Gomide (PT), ficou evidente a polarização entre o atual prefeito, Roberto Naves (PP), e o candidato do MDB, Márcio Corrêa. Ambos disputam uma vaga num eventual segundo turno contra o petista e foram para o embate direto.

Márcio não tem economizado críticas a Roberto Naves, apontando redução da rede de saúde nos últimos anos e erros na condução da renovação do contrato com a Saneago feito pela atual gestão, já que a cidade há anos vive com problema de desabastecimento de água. O pepista contra-ataca com críticas às gestões do MDB no governo do Estado que, segundo ele, não teria incentivado o desenvolvimento econômico da cidade nos anos 90, privilegiando outros municípios.

Mas para garantir um segundo turno, ambos também precisam reduzir a vantagem de Gomide. Naves afirma que herdou uma gestão deficitária dos governos do PT e aposta na imagem desgastada da sigla, explorando como contraponto seu alinhamento político ao governador Ronaldo Caiado (DEM) e o presidente Jair Bolsonaro. Márcio, que tem como uma das suas principais bandeiras o desenvolvimento econômico, diz que a cidade está estagnada há cerca de 10 anos – ou seja, desde as gestões do PT – e continua perdendo oportunidades de gerar mais empregos devido à falta de espaços adequados e de uma política consistente de atração de investimentos.

O primeiro embate que deve contar com a participação de todos os candidatos está marcado para a noite de hoje e será promovido por um portal da cidade. No dia 7 de novembro haverá um novo round, promovido por uma rádio local. Gomide até agora tem rebatido os ataques que recebe, mas no geral joga mais na defesa. Se o petista participar dos debates, como previsto, será uma oportunidade de ver se ele manterá a estratégia de se poupar ou se vai entrar no clima quente da campanha.


Publicidade