SEM IRIS

MDB e DEM dialogam por união diante da eleição municipal

Grupo dos Vilela busca apoio de Caiado e acordo pode valer até 2022


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 27/08/2020 às 12:21:22

Articulações entre Vilela e Caiado podem mudar ainda mais o cenário eleitoral sem Iris (Fotos: divulgação)
Articulações entre Vilela e Caiado podem mudar ainda mais o cenário eleitoral sem Iris (Fotos: divulgação)

A saída de Iris Rezende (MDB) do cenário eleitoral mudou as articulações entre os partidos que estão na disputa. O MDB, que até o mês passado se declarava oposição ao DEM, abriu um diálogo com o governador Ronaldo Caiado (DEM).

Um aliado do presidente do diretório estadual do MDB, Daniel Vilela, e do ex-governador Maguito Vilela conversou com o Blog Poder em Jogo e afirmou conversam com objetivo de se unirem nas eleições municipais de Goiânia e de Aparecida de Goiânia.

“Eles negam, mas existe um diálogo para compor nessas eleições,” confidenciou a fonte, cujo nome será preservado.

A tática do MDB é ganhar em Goiânia com a candidatura de Maguito, que deve se confirmar pré-candidato nos próximos dias, e fortalecer o partido para as eleições majoritárias. As negociações garantiriam ainda apoio ao governador Ronaldo Caiado na sua reeleição, sem Daniel na disputa.

Ainda de acordo com o aliado dos emedebistas, o nome do prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, está nas negociações para ser vice de Caiado em 2022.

Para selar o acordo entre o grupo dos Vilela e o democratas, o governador indicaria ainda o vice de Mendanha derrubando partidos aliados do emedebista como o PSD e o PP.


Publicidade