SAÚDE

Mandetta terá de esperar seis meses para trabalhar no setor privado

Comissão de Ética da Presidência da República determinou que ex-ministro fica proibido de exercer qualquer atividade


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 27/05/2020 às 17:33:21

Luiz Henrique Mandetta (reprodução/internet)
Luiz Henrique Mandetta (reprodução/internet)

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta vai ter que cumprir seis meses de quarentena remunerada antes de contar a trabalhar na iniciativa privada. A decisão foi da Comissão de Ética da Presidência da República, que determinou que ele fica proibido de exercer qualquer atividade no setor privado até completar seis meses de sua demissão, ocorrida em abril.

À Revista Veja, Mandetta se disse abismado com a decisão. “Estou abismado, perplexo. Não consigo entender o motivo de impor quarentena a um ex-ministro da Saúde no meio de uma epidemia como a que estamos enfrentando”, afirmou. O ex-ministro disse também que já recebeu várias propostas de trabalho da rede privada para elaborar planos de biossegurança. Durante o período de quarentena de Mandetta, ele continuará recebendo o salário de ministro da República no valor de R$ 31 mil.

Tópicos

    Publicidade