Poder em Jogo
Tainá Borela
Do Mais Goiás

Mabel defende vacinas em “curtíssimo prazo” para destravar a economia

Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás afirma que queda no PIB em 2020 é efeito da pandemia

Foto: Reprodução

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, afirmou, nesta quarta-feira (3), que a queda de 4,1% do PIB em 2020, segundo números divulgados pelo IBGE, revelou o efeito perverso da pandemia da covid-19 na economia brasileira. Foi a maior queda do crescimento econômico brasileiro desde o governo de Fernando Collor, no início dos anos 90. “Temos projeções que a economia pode seguir em trajetória de recuperação, mas não podemos ficar de braços cruzados”, observou o ex-deputado federal. Mabel aponta que o primeiro passo para a retomada do crescimento econômico é conseguir vacinas para a população e aprovar no Congresso Nacional duas reformas essenciais ao país: a administrativa, para enxugar os gastos da máquina pública, e a tributária, para simplificar o sistema tributário e reduzir a carga de impostos para as empresas. “Além das vacinas no curtíssimo prazo, precisamos implementar as reformas. Sem isso, o país não conseguirá garantir o crescimento econômico em 2021 e nos próximos anos”, argumentou

Arrivederci

Com o anúncio de sua desfiliação do PSDB e possibilidades de se filiar ao Patriota, o ex-prefeito de Trindade, Jânio Darrot, argumenta que o partido comandado por Jorcelino Braga tem menos arestas para resolver que o PSDB.

Prato que comeu

A políticos próximos, Darrot tem confidenciado que quer distância do tucanato goiano.

Substituto

Ainda de atestado médico, devido a uma infecção urinária, o governador Ronaldo Caiado não vai ao encontro do presidente da República, Jair Bolsonaro, em São Simão de Goiás nesta quinta-feira (4).  O vice-governador Lincoln Tejota (Cidadania) vai recepcionar a comitiva presidencial para inauguração de um trecho da Ferrovia Norte-Sul.

Tá de brincadeira

O prefeito de Terezópolis de Goiás, Uiltinho (PSC), resolveu desafiar a Covid-19 e flexibilizou o uso de máscara para a população em áreas públicas como ruas e parques.

Salve-se quem puder

O presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM), o prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves (MDB), tem confirmado que prefeitos goianos estão organizando consórcios para a compra de vacinas contra a Covid-19, que serão aplicadas nas populações locais.

Tumulto na Justiça

A coluna teve acesso a um caso jurídico curioso. Uma disputa judicial pela posse de uma fazendo no Norte do Estado, que tramitou durante 17 anos na Justiça, teve uma reviravolta recente, com uma mudança de sentença no segundo grau, e fez aparecer vários novos supostos proprietários da terra.

Reviravolta

A ação judicial é cheia de minúcias e, devido à sua complexidade, demorou quase 20 anos para sair a primeira sentença, dizendo que o motorista Ciriaco Francisco dos Santos não tem direito à posse de um imóvel rural, denominado Fazenda Buriti. Na segunda instância, em apenas 4 meses, a Justiça mudou o entendimento.

Brotou

Conforme consta nos autos, a sentença favorável a Ciriaco desencadeou um corre-corre pela posse da terra: pelo menos seis pessoas diferentes foram ao Judiciário apresentar seus contratos de direito de posse do imóvel. E esse número ainda pode crescer, já que quase todo dia surgem novas petições no processo. O caso tramita no Juízo de Alto Paraíso de Goiás e a Justiça vai ter que analisar cada uma das petições, o que torna a tramitação ainda mais complexa.