ADMITIU ERRO

José Nelto corrige assessoria e diz que é favor de cortar 50% do salário do políticos

Mais cedo, assessores escreveram que Nelto era a favor da suspensão do contrato do trabalhador, o que ele desmentiu


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 24/03/2020 às 21:27:03

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O deputado federal José Nelto (Podemos) diz, em nota divulgada na noite desta terça-feira, que é a favor da redução de 50% dos salários de todos os políticos detentores de mandato – desde o presidente da República até os vereadores.

Mais cedo, a assessoria do deputado publicou no Twitter que ele era a favor do artigo 18 da MP 927, que previa a possibilidade de suspender o contrato dos trabalhadores enquanto durasse a quarentena do coronavírus. Ele disse que a sua própria assessoria equivocou-se no comunicado e que ele é a favor de reduzir o salário de políticos, não da população.

“Informamos que o equívoco é de responsabilidade da assessoria jurídica e de imprensa do parlamentar. Não obstante, nos desculpamos pelo transtorno causado e solicitamos a ratificação da matéria publicada no jornal Mais Goiás, na coluna “Poder em Jogo”, que tem como responsável a jornalista Tainá Borela”, completa.

Horas depois de editada, a MP 927 foi revogada pelo presidente Bolsonaro.

Tópicos

    Publicidade