Poder em Jogo
Do Mais Goiás

Ismael Alexandrino foi contra medidas mais duras de isolamento social

Secretário da Saúde de Goiás tem passado por provas de fogo, mas segue no cargo

Secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, trabalha para que seja aberto o Hospital de Campanha de Águas Lindas
Homem sentado à mesa

O governador Ronaldo Caiado (DEM) e o secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, viajaram juntos, nesta quinta-feira (14), para Luziânia, cidade do Entorno, onde foram visitar o hospital regional da cidade. Caiado e Ismael conversaram por mais de uma hora e, de acordo com assessores do governo, Caiado tem escutado a opinião do secretário da Saúde, que está à frente da pasta desde o início da gestão do governador.

De acordo com fontes da Secretaria, Ismael foi contra o novo decreto proposto por Caiado, que retornaria medidas mais duras de isolamento social. Caiado se irritou momentaneamente com o secretário, mas acatou os argumentos de Alexandrino, que, de acordo com assessores da Saúde, foram unicamente técnicos. Não é a primeira vez que a relação entre Caiado e Ismael é testada durante a epidemia do coronavírus. O convite do governador ao ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, de quem é amigo pessoal, para assumir a SES, teria chateado Ismael, que se sentiu preterido pelo chefe.