Poder em Jogo
Tainá Borela
Do Mais Goiás

Daniel Vilela deve adiantar eleição do diretório do MDB para este ano

O ex-deputado federal quer reservar 2022 para montar as chapas do partido e traçar o seu projeto político

MDB não tem compromisso com prefeito de Goiânia, diz Daniel Vilela
MDB não tem compromisso com prefeito de Goiânia, diz Daniel Vilela

O presidente do MDB estadual, o ex-deputado federal Daniel Vilela, quer adiantar as eleições do diretório estadual, que seriam apenas em 2022, para o final deste ano. Em conversas com aliados, o emedebista tem dito que a ideia é antecipar a eleição para ter mais tempo para organizar a estrutura política do partido, montar chapas e pensar na sua próxima candidatura. A coluna conversou com alguns emedebistas próximos a Daniel que avaliaram que ele deve ser facilmente reconduzido para a presidência do diretório estadual da sigla. Será a terceira vez consecutiva que o filho de Maguito Vilela vai presidir o MDB em Goiás. Ele ganhou pela primeira vez em 2016 em uma eleição acirrada em que derrotou o grupo de Iris Rezende e da então deputada federal Iris de Araújo, que comandaram o partido por vários anos em Goiás.

Pegou gosto

Para amigos e aliados, Daniel tem dito que não ficará mais quatro anos sem algum mandato.

Escolhas

O presidente do MDB terá dois caminhos: ou sairá candidato a governador contra Ronaldo Caiado ou se juntará ao democrata para garantir a vaga do Senado na chapa do governador.

Divórcio

Em Aparecida de Goiânia, a conversa política da vez é o rompimento entre o vice-prefeito, Vilmarzinho, e o prefeito Gustavo Mendanha. Eles teriam se desentendido antes mesmo da posse.

Casamento

Mas Gustavo garante que eles já voltaram às boas na relação administrativa.

Vai levando

Não tem previsão para mudanças da lei seca em Goiânia. A ideia da Prefeitura de Goiânia é esperar diminuir os índices de contaminação pela Covid-19 para depois aumentar a flexibilização da venda de bebidas alcoólicas e o horário de fechamento dos bares da capital.

Protelada

A posse do ex-prefeito de Goiánesia, Renato de Castro (MDB), na Codego pode demorar um pouco. O atual titular da pasta, o engenheiro Hugo Goldfeld, pegou Covid-19 e o governador Ronaldo Caiado ainda não se reuniu com ele para anunciar a mudança.

Camaradagem

O deputado federal João Campos, que é o presidente estadual do partido Republicanos em Goiás, enfatizou a importância da boa relação que o prefeito Rogério Cruz, que é de seu partido, quer ter com a bancada federal goiana. “Estou no meu quinto mandato e esta é a primeira vez que participo de uma reunião nesse sentido com o prefeito da capital”.

Recado

Zacharias Calil, que é o representante do DEM na Câmara Federal, saiu da reunião com Rogério Cruz afirmando que o prefeito marcou ponto com a bancada pela valorização dos deputados federais.

Enterrado

A decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rose Weber, que garantiu a legalidade da reeleição na presidência da Assembleia Legislativa do Paraná garante também a legalidade da reeleição de Lissauer Vieira em Goiás e sepulta o ti-ti-ti sobre o assunto