À ESPERA

Ainda sem convite, Vitti demonstra interesse em assumir Segurança

Ex-deputado teve seu nome citado por entidades da área de Segurança em Goiás, mas não teve nenhuma conversa oficial com o governo


Tainá Borela
Do Mais Goiás | Em: 15/06/2020 às 16:41:21

Ex-presidente da Assembleia Legislativa José Vitti (Foto: Assembleia Legislativa)
Ex-presidente da Assembleia Legislativa José Vitti (Foto: Assembleia Legislativa)

Em conversa com o Blog Poder em Jogo, na tarde desta segunda-feira (15), o ex-presidente da Assembleia Legislativa José Vitti afirmou que gostaria de trabalhar no comando da Secretaria de Segurança Pública, mas não recebeu o convite do governador Ronaldo Caiado (DEM). “É um desafio interessante que eu gostaria de assumir, mas não teve nenhuma conversa com o governador”, revelou.

De acordo com o ex-deputado, o trabalho na Segurança deve ser de gestão e diálogo. “Quem faz o trabalho de segurança são as polícias. Cabe ao secretário fazer o elo de ligação entre as entidades, assim como ouvir as demandas dos prefeitos. Essa figura precisa fazer que haja harmonia entre as entidades que compõem a Segurança Pública em Goiás.”

Vitti defende que o cargo é para nomes que saibam dialogar, que sejam conhecedores de todo o efetivo e dos dados da criminalidade em todas as regiões do Estado. “A Segurança é uma pasta que dá boa visibilidade política para quem faz um bom trabalho”, argumentou.

Segundo o ex-presidente da Assembleia, o nome dele começou a circular após algumas entidades da Segurança citarem seu nome extraoficialmente para assumir o cargo. “Isso me deixou mais tranquilo. Se eu fosse convidado, eu faria um chamamento de todas as associações da PM, da Polícia Civil e dos bombeiros e conversaria para saber sobre a minha aceitação. Porque é muito ruim assumir um trabalho onde não te aceitem”, argumentou.

Vitti garantiu que não houve nenhum convite oficial do Caiado, mas que gostou de ter sido lembrado pela ala da Segurança após estar dois anos afastados da vida pública.


Publicidade