Eleições

Um novo eleitor

O atual eleitor nem sempre respeita integralmente o resultado das urnas. É a transição do virtual para o mundo real.


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 16/11/2016 às 08:11:11


A democracia continua sendo saudada em todo o mundo não como modelo político perfeito, mas uma foram de governar que parte do respeito à vontade do povo, expressa no voto. O mundo mudou e, nem sempre, o princípio de respeito ao resultado vem sendo observado. Apontada como modelo de democracia, a nação norte-americana vive as matizes de um novo tempo de mundo globalizado e pessoas mais engajadas nas redes sociais.

A vitória de Donald Trump foi inesperada. Muito pelo discurso agressivo, às vezes chulo, essa vitória não está sendo aceita por parte do eleitorado. Lá se vão dez dias da eleição de Trump e ainda tem eleitor na rua, protestando contra Trump. Protestando, também, contra o resultado.

O pano de fundo e de frente é uma nova geração, uma nova militância política. Ela nasce e se alimenta no mundo virtual, onde o debate puro é dispensado, havendo no máximo a comparação de ideias ou posições.

Precisamos aprender a lidar com essa nova forma de fazer e de se mostrar na política. É essa geração, que domina a tecnologia que está se posicionando. O lado mais positivo é o eleitor estar usando as ferramentas para tomar a decisão do voto. Saber respeitar o outro, no mundo real, passa a ser o maior desafio. Tanto quanto escolher bem o melhor candidato. Ou o menos pior.


Publicidade