ELEIÇÕES | CALDAS NOVAS

“Segui politicamente sozinho na minha jornada”, diz Coronel Belelli

Pré-candidato a prefeito de Caldas, militar afirma que tentam impedir sua candidatura


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 22/07/2020 às 19:17:08

(Foto: Reprodução/ Facebook)
(Foto: Reprodução/ Facebook)

O pré-candidato à prefeitura de Caldas, Coronel Belelli (PSL), se diz isolado politicamente. “Segui sozinho na minha jornada, politicamente sozinho, mas com o povo”, afirma. Segundo ele, grupos políticos tentaram assediá-lo com propostas sujas de interesses pessoais, mas seu compromisso é com a população.

Ele afirma que o resultado disso é que tentam impedir que ele saia candidato. “Todas as vezes que faço uma live, fakes e pessoas pagas entram para me criticar e acusar”, relata. Ele afirma, ainda, que outros políticos gravam vídeos sempre com pessoas importantes, enquanto ele segue só.

Segundo ele, as redes sociais são seu único canal com a população, uma vez que não teria acesso às rádios e TVs. “Todos arrumam desculpas para que eu não consiga mais ter esse meio de comunicação com o povo”, lamenta.

O pré-candidato, contudo, não aponta os perseguidores. “Sigo vendo o desespero desses políticos covardes”, diz e reforça: “Não sou político, sou um servidor militar estadual, um gestor público.”

Propostas

Belelli, entre outras coisas, propõe a criação da Guarda Municipal Rural Armada para proteger os produtores rurais da cidade; a militarização das escolas públicas municipais; bem como a criação da Polícia Mirim para dar a crianças e adolescentes instrução moral e cívica. Além disso, ele defende a construção de ciclovias e de meios de assebilidade nas vias e edificações públicas, etc.

Nomes

Flávio Canedo (PL), apesar de não ter disputado cargo eletivo, é político experiente. Marido da deputada Magda Mofatto (PL), o empresário coordenou as campanhas da parlamentar e é já esteve à frente do Departamento de Água e Esgoto de Caldas (Demae), tido como a secretaria mais importante da cidade.

Ele também é ligado ao ramo hoteleiro e presidente do PL em Goiás. Caldas, destaca-se, é a maior cidade turística do Estado.

Kleber Marra, por sua vez, se apresenta como a terceira via. Ele pode ser a opção de quem não quer apoiar o grupo de Magda e de Belelli, que chega com discurso antipolítico.

Também é pré-candidato o vereador Sílio Junqueira (PRTB). Ele se propõe a ser “a paz que o município precisa”.

Outros nomes possíveis são: Dr. João Osório (MDB), Eterna Maria (Patriota), Gizelia Custódio (Progressistas), Toninho Barros (Podemos), José Araújo (PDT), Arlindo Ceará (PSB) e Joaquim Guilherme Filho (DEM).


Publicidade