NoPonto.
Do Mais Goiás

PV disputa prefeitura de Goiânia, mesmo que com chapa pura

Pré-candidato da sigla, Cristiano Cunha diz ter sido procurado por outras legendas, mas apenas para vice

PV mantém pré-candidatura em Goiânia, mas não nega possibilidade de vice
PV mantém pré-candidatura em Goiânia, mas não nega possibilidade de vice

O PV não tem interesse em ser vice na campanha pelo paço de Goiânia. O partido que, desde a filiação do seu pré-candidato Cristiano Cunha, em 2011, não disputa um pleito na capital como cabeça de chapa entra na corrida eleitoral, mesmo que com chapa pura.

Segundo Cunha, alguns partidos chegaram a procurar para compor. PSB, PP, PSDB, PSD e PDT procuraram o PV para alianças. PSB e PT, também, inclusive, oferecendo a vice. “Mas não temos interesse na vice.”

Cristiano Cunha, hoje presidente estadual da sigla, ressalta que o partido tem, atualmente, 46 pré-candidatos a vereador, quase a chapa completa (53). “Então, agora estamos correndo atrás de apoio. O nosso projeto junto aos pré-candidatos a vereador é de termos cabeça de chapa e eles estão empolgados”, garante.

No passado, PV cogitou caminhar junto com Avante, PMN e PRTB.