ELEIÇÕES 2020

PROS, DC e PSDB perdem cadeiras na Câmara de Goiânia

Vereadores destas siglas migraram para outros partidos na janela partidária


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 03/04/2020 às 16:28:22

(Foto: Bárbara Zaiden, do Mais Goiás)
(Foto: Bárbara Zaiden, do Mais Goiás)

PROS, DC e PSDB zeraram as cadeiras do legislativo goianiense. Na reta final da janela partidária, os vereadores que antes ocupavam estas legendas, migraram para outras siglas.

O PROS, por exemplo, perdeu os vereadores Tiãozinho Porto, que foi para o MDB, e Divino Rodrigues, que optou pelo Patriota. Já o DC perdeu três nomes: Anderson Sales (Bokão) e Jair Diamantino para o DEM; e Kleybe Morais, que ingressou no MDB.

Sem surpresas, o PSDB, teve as saídas de Anselmo Pereira, para o MDB; e Dra. Cristina, para o PL. As mudanças foram amplamente antecipadas.

Posição

Em contato com o PSDB, o presidente da sigla em Goiânia, Eurípedes Jerônimo, informou que a saída não modifica a situação do partido, uma vez que já não seguiam a orientação partidária. “A Dra. Cristina, desde as últimas eleições, falou mais mal do que defendeu. O Anselmo saiu agradecido… Mas neste restante de mandato não vejo problema.”

Segundo Eurípedes, o único projeto importante que deve ser votado ainda este ano, até por conta da pandemia do novo coronavírus, é o Plano Diretor. “Fora isso, se houver outros, podemos mobilizar a sociedade.”

Além disso, ele afirmou que a saída de Dra. Cristina e Anselmo permitiram ao PSDB formar uma chapa completa de vereadores e competitiva, “inclusive com muitas mulheres”. Ele avalia que nomes fortes, como dos ex-parlamentares, puxavam muitos votos e comprometiam a formação de chapa. Em Goiânia, vale destacar, a cadeira na Câmara gira em torno de 17 mil votos.

O Mais Goiás tenta contato com os representantes do DC e do PROS. O espaço permanece aberto.

Confira todas as mudanças AQUI.

Tópicos

    Publicidade