legado

O legado de Paulo

Paulo Garcia encerra uma gestão recheada de problemas. Mas que apresentou avanços em algumas áreas também.


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 27/12/2016 às 05:07:28


A cidade começou a semana com problema na coleta de lixo e com buracos abertos no asfalto. Chuva caindo e empresas que alugam carros para a prefeitura retirando a frota de serviço. Talvez sejam retrato da gestão de Paulo Garcia.

Sempre tive, e continuo tendo, a impressão que o prefeito é um homem bem intencionado. O que não elimina a constatação de que realizou uma gestão repleta de problemas, agravados pela falta de autoridade na sua condução.

Não há explicação para os constantes problemas no lixo. Não é um caos, mas há um sentimento generalizado de descaso, quando se percebe lixo à espera da coleta em vários pontos da cidade. Foi assim durante boa parte da gestão. Da mesma forma, não se concebe a falta de um tapa-buracos eficiente. Junte-se a problemas gerados na área financeira, com falta de repasses obrigatórios e a falta de articulação para receber os recursos federais e está composto um quadro ruim para a administração.

Por outro lado, há um legado que fica sim. De Paulo para Goiânia. Da sua equipe para a população. A atenção à saúde da mulher ganhou na gestão. Pontos para Paulo. A cultura do ciclismo foi consagrada, com os investimentos feitos nos últimos anos. A bicicleta faz parte hoje da vida da cidade e novos investimentos no setor já são esperados. Por fim, há o início da consolidação do Parque Macambira-Anicuns. Quem convive com as unidades já inauguradas sabe perfeitamente diferenciar o que era apenas um matagal de pouco tempo atrás para um lugar agradável para convivência.

Claro que este legado vai merecer atenção da equipe de Íris Rezende, que assume no final de semana. As bicicletas compartilhadas, as ciclovias e as ciclofaixas são conquista de toda cidade que presta sistemas  alternativos de locomoção e práticas mais saudáveis para a população. Merece atenção sim.

O Macambira-Anicuns tem um dedo de vários prefeitos. Coube a Paulo lançar e inaugurar as primeiras etapas. Existe um grande desafio, ainda em relação à gestão, hoje entregue à AMMA, que tem mostrado absoluta incompetência para gerir qualquer assunto. Vai merecer uma atenção diferenciada, sob pena de comprometer todo o investimento já feito.

Como todo prefeito da capital, Paulo Garcia sai com problemas. Mas deixa avanços. Que seja lembrado pelo conjunto da obra.


Publicidade