CORONAVÍRUS

Medidas tomadas por Alexandrino ajudaram no combate ao coronavírus, diz estudo

No começo da pandemia, as medidas restritivas reduziram a taxa de contágio para 1,2


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 05/06/2020 às 17:23:21

Secretário da Saúde, Ismael Alexandrino (Foto: Samuel Straioto)
Secretário da Saúde, Ismael Alexandrino (Foto: Samuel Straioto)

Um estudo da Universidade Federal de Goiás (UFG), publicado pelo jornal O Popular, mostra que as medidas restritivas de isolamento social adotadas e lideradas pelo secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, no início da pandemia, contribuíram diretamente para que cerca de 3,4 mil vidas fossem preservadas no Estado.

O estudo foi realizado pelo mesmo grupo que vem acertando as previsões de avanço do coronavírus em Goiás. No começo da pandemia, as medidas restritivas reduziram a taxa de contágio para 1,2, evitando a disseminação do vírus lá no começo da pandemia, em março. Naquela época, Goiás era o Estado com maior tava de isolamento social do País.


Publicidade