Eleições 2020

Iris Rezende reforça sinais de que vai disputar mais uma eleição

Carta aberta a Daniel Vilela sobre prefeitos expulsos do MDB e declarações a respeito da reeleição apontam que o prefeito deve se candidatar no próximo ano.


Altemar Santos
Do Mais Goiás | Em: 11/07/2019 às 15:35:09

(Foto: Bárbara Zaiden, do Mais Goiás)
(Foto: Bárbara Zaiden, do Mais Goiás)

A carta aberta do prefeito Iris Rezende ao presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela, pedindo o perdão aos prefeitos do partido que apoiaram o governador Ronaldo Caiado (DEM), foi mais uma demonstração de que ele já está se articulando para disputar a reeleição, avaliam lideranças do partido. Iris quer aproximar mais o MDB do governo Ronaldo Caiado e assegurar o apoio do Palácio das Esmeraldas ao seu projeto. Daniel Vilela tem feito oposição sistemática ao governo e essa postura poderia dificultar a composição.

Iris pediu na carta que Daniel reconsidere a expulsão dos prefeitos Adib Elias (Catalão), Paulo do Vale (Rio Verde) e Fausto Mariano (Turvânia), definida pelo Conselho de Ética do partido em fevereiro. A decisão de expulsar os infiéis foi unânime. Daniel respondeu que não tem esse poder, pois o Conselho de Ética é autônomo, e nem esta intenção, pois os prefeitos descumpriram o estatuto partidário e prejudicaram a sigla ao apoiarem uma candidatura do DEM.

Outro sinal importante sobre o projeto de Iris para o próximo ano é a recente mudança de tom ao falar a respeito da própria reeleição. Antes ele era enfático ao negar o interesse de concorrer a mais um mandato. Atualmente, tem sido mais evasivo. Questionado ontem pelo jornal O Popular sobre a possibilidade, o prefeito respondeu que ainda não sabe se vai concorrer. “Hoje, eu diria que não”. O uso da palavra “hoje” chamou atenção.


Publicidade