Política

Íris e Vanderlan sorrindo

Primeira pesquisa pós-convenções mostra crescimento de Íris e Vanderlan. Adriana fica estável e Waldir parou de crescer. Os outros três completam o quadro. E só.


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 14/08/2016 às 12:07:48


Saiu a primeira pesquisa depois da definição dos candidatos à prefeitura de Goiânia. É preciso lembrar o chavão de que pesquisa é como numvem, retrato o momento e o momento pode ser outro daqui uns dias. Mas dá pra fazer as primeiras anotações, que vão de encontro ao que os candidatos fizeram ou deixaram de fazer até agora.

Íris Rezende (PMDB), Waldir Soares (PR), Vanderlan Cardoso (PSB) e Adriana Accorsi (PT) são os candidatos de fato nessa eleição. A Francisco Júnior (PSD), Djalma Araújo (Rede) e Flávio Sofiati (PSOL) cabem as vagas de coadjuvantes. Pelo menos até agora foi assim.

Íris se isola na liderança. Em princípio, a estratégia de figir que desistiu e voltar como salvador da pátria cumpriu o papel de deixa-lo de fora dos ataques dos adversários. Como provocou a última grande cena pré-convenção, acabou tirando dividendos.

Outro que pode comemorar é Vanderlan. Sua curva é ascendente, em relação ao perídio p.R. (pré-Renúncia). Como vai ter o maior tempo de propagando no rádio e TV e o maior número de candidatos a vereador aliados à sua candidatura, abre perspectiva de continuidade na rota de crescimento.

Adriana se mantém no mesmo patamar. Com rejeições grandes para o partido e para o prefeito, que é o seu principal cabo eleitoral, continua convivendo com dificuldades eleitorais, que ela tenta superar com força de militância e postura firme.

Mais preocupante, neste momento, é para Waldir. Perdeu espaço eleitoral para Íris. Perdeu o vice e quase tudo o que havia construído em termos de alianças. É o lutador que recebeu um golpe, ainda está no ringue, com força e disposição, mas precisa tomar ar e recobrar energias. Isso significa redefinir estratégias eleitorais. Ou elaborar o seu plano de ação.

Os números reforçam a ideia de que teremos quatro candidatos competitivos. Isso gera projeção clara de realização de segundo turno. Com Íris Rezende se apressando para ficar com uma das vagas. Ou não?


Publicidade