NADA CERTO

Gustavo Mendanha ainda não definiu vice

“Nem sei se vai acontecer a eleição”, diz o prefeito de Aparecida, que defende a unificação do pleito


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 11/05/2020 às 16:15:23

(Foto: Samuel Straioto)
(Foto: Samuel Straioto)

Não é certo que Veter Martins (PSD) será o vice de Gustavo Mendanha (MDB). O prefeito de Aparecida não tem debatido sobre o tema, segundo ele, por estar focado no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, mas muito provavelmente será candidato à reeleição. Apesar do gestor ter se reunido com o senador Vanderlan Cardoso (PSD), na última semana, e que um dos assuntos pode ter sido o braço direito do gestor, o líder do Executivo de Aparecida afirma que nada está definido. “Nem sei se vai acontecer a eleição.”

Segundo Gustavo, além de Vanderlan ele também conversou com outros nomes, como do deputado federal Professor Alcides (Progressista). “Claro que o Veter é o meu vice [atual] e alguém que eu tenho uma boa relação, mas não tem nada definido. Eu acho, inclusive, que deveriam usar o recurso do fundo partidário no combate a pandemia do novo coronavírus”, diz o gestor de Aparecida, que defende a unificação do pleito. “Principalmente com financiamento público. Gastar esse recurso público dessa forma [com eleição] não acho interessante. Devia destinar às famílias e no combate ao coronavírus.”

Outra conversa que circulou nos bastidores é que Gustavo Mendanha teria conversado, também, com o presidente estadual do Cidadania, Lincoln Tejota, e que o nome da ex-vereadora Cybelle Tristão também seria uma possibilidade para a composição na vice. “Essa conversa não existiu. Não tenho discutido, de fato, essa questão de vice. Ela é um bom quadro, pessoa que conheço, mas nem temos uma posição clara sobre a eleição”, reforça. “Estamos esperando até ter alguma decisão [para começar a discutir o tema]”, finaliza Mendanha.


Publicidade