Em dificuldades na Assembleia, governo cria a figura do vice-líder

Deputado de primeiro mandato, Zé Carapô (DC) assume função de ajudar a rearticular a base caiadista na Assembleia


Altemar Santos
Do Mais Goiás | Em: 06/08/2019 às 18:18:10

Deputado Zé Carapô (Foto: Denise Xavier | Alego)
Deputado Zé Carapô (Foto: Denise Xavier | Alego)

Em permanente tensão com a Assembleia Legislativa e depois de muitas especulações a respeito de uma possível saída de Bruno Peixoto (MDB) da liderança do governo, o governador Ronaldo Caiado criou a figura do vice-líder na Casa, indicando o deputado Zé Carapô (DC) para a nova função. Em fala no plenário registrada pela agência de notícias da Assembleia, Carapô disse somente que vai atuar em parceria com Bruno Peixoto, “de forma responsável e harmônica”. Ou seja, o óbvio que não diz muito.

O deputado emedebista argumenta nos bastidores que enfrenta um problema de saúde na família e tem tido dificuldades de se dedicar à função. Contudo, a maior bronca dos deputados não é com o líder do governo – embora ele tenha se desgastado muito em votações recentes, como na dos repasses do duodécimo ao Legislativo -, mas com o próprio governador. Dizem que Caiado não dá muita moral para eles e o próprio Carapô já reclamou muito disto nos bastidores da Assembleia. De fato, Caiado parece ter dado o braço a torcer ao sinalizar que vai abrir mais sua agenda para atender os parlamentares.

Deputado de primeiro mandato e que não pertence ao alto clero da Assembleia, Carapô recebe uma missão espinhosa, num momento em que o governo sinaliza enviar matérias que têm grande rejeição entre os parlamentares, como a que autoriza a adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) do governo federal. Aparentemente, não havia muitos deputados dispostos a assumir a tarefa. Recentemente, numa conversa com pelo menos meia dúzia de colegas em que lamentava as dificuldades de fazer articulação política para o governo junto ao parlamento, Bruno Peixoto fez uma brincadeira: se levantou da cadeira em que estava sentado e perguntou se alguém queria sentar no seu lugar, assumindo imediatamente a “cadeira do líder”. Todos se afastaram num pulo e caíram na risada.

Tópicos

    Publicidade