Coronavírus

Deputados estaduais doam parte do salário para ajudar famílias carentes em meio à pandemia

Ações visam a compra de cestas básicas para amenizar as dificuldades enfrentadas neste momento


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 01/04/2020 às 14:30:36

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Alguns deputados estaduais resolveram contribuir no enfrentamento do coronavírus cortando do próprio bolso. Dividindo seus salários, Amauri Ribeiro (PRP), Delegado Humberto Teófilo (PSL) e Delegado Eduardo Prado (sem partido) aderiram a uma campanha para comprar cestas básicas para famílias carentes do Estado.

Pelas redes sociais, Amauri e Humberto divulgaram um vídeo, na terça-feira (31), em que doariam 50% de seus salários para apoiar trabalhadores que perderam empregos ou tiveram queda na renda diante da pandemia provocada pela contaminação do novo coronavírus (Covid-19). O pagamento já foi feito e ação teve início.

O valor bruto recebido por um deputado estadual é de aproximadamente R$ 25 mil. “Vamos converter cinquenta por cento do nosso salário para comprar cestas básicas à famílias que não têm condição e que não estão conseguindo sobreviver”, declarou Amauri Ribeiro. Vale destacar, que empresários também se engajaram na campanha.

60%

Já Eduardo Prado resolveu destinar 60% do seu salário de deputado para a aquisição de cestas básicas. Segundo o parlamentar, ele tem recebido diversas mensagens em forma de pedido de socorro.

Ele ressalta que tem feito uma campanha de arrecadação, que já reuniu mais de 400 cestas básicas. Em vídeo, ele pede a prorrogação das eleições e que se destine a verba do fundo eleitoral ao combate ao Covid-19 e as famílias necessitadas. “E que o projeto de tributação de grandes fortunas, que está no Senado, seja aprovado”, desejou para auxiliar nesse momento de pandemia.

Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa de Goiás também tem feito a sua parte, conforme relata o presidente Lissauer Vieira (PSB). O deputado estadual, que elogia as ações individuais dos colegas, informa que o parlamento goiano realizou, na última semana, uma ação para repassar R$ 10 milhões ao governo, a fim de enfrentar a pandemia. “E parte desse dinheiro, naturalmente, deve ser destinado à cestas básicas.”

Para Lissauer, a união de forças é que fará com que a crise seja superada o mais rápido possível. “Não é momento de politizar, mentir ou brigar, mas de unir forças. Acertos e erros vão acontecer, Mas todos tentam acertar”, destaca.


Publicidade