CORONAVÍRUS

Deputado e dono de mercado em Rio Verde diz que cidade está com medo

Supermercado de Chico KGL emprega 70 funcionários; Rio Verde é um dos principais epicentros da pandemia em Goiás


Alexandre Bittencourt
Do Mais Goiás | Em: 10/06/2020 às 16:46:01

Deputado Chico KGL em seu supermercado, em Rio Verde (Foto: Facebook)
Deputado Chico KGL em seu supermercado, em Rio Verde (Foto: Facebook)

Além de deputado estadual, Chico KGL (DEM) é dono de um supermercado que emprega 70 funcionários em Rio Verde – município que hoje é o epicentro dos casos de coronavírus em Goiás. Chico diz que a população da cidade está com medo e que as ruas, nesta quarta-feira, estão vazias. “Arrisco dizer que 80% de Rio Verde parou”. 

Na terça, o Mais Goiás informou que o salto de casos confirmados de coronavírus no município saltou de 641 para 1.910 em apenas um dia. A prefeitura disse que o aumento das estatísticas se deu em função da divulgação do resultado de testes aplicados em massa nas sete mares indústrias do município. 

“Dos meus 70 colaboradores, mandei 12 para casa por fazerem parte do grupo de risco. Minha filha, que é estudante de medicina, está na porta do supermercado fazendo a medição de temperatura de oferecendo álcool”, conta Chico. “De resto, a gente continua trabalhando. O supermercado não pode fechar as portas agora. Muitas famílias defendem da gente”. 

Até o último boletim, de terça-feira, Rio Verde possuía 1.910 casos confirmados de Covid-19, dos quais 26 eram pacientes internados e cinco haviam morrido. No Instagram da prefeitura, o prefeito Paulo do Vale informou que a quinta morte foi de um homem de 68 anos, portador de leucemia. Ele estava internado no Hospital Municipal.


Publicidade